Checklist of testate amoebae in São Miguel island (Azores archipelago)

Versão mais recente publicado por Universidade dos Açores em Oct 14, 2020 Universidade dos Açores

This dataset presente the distribution of testate amoebae in São miguel island (Azores archipelago)

Registros de Dados

Os dados deste recurso de checklist foram publicados como um Darwin Core Archive (DwC-A), que é o formato padronizado para compartilhamento de dados de biodiversidade como um conjunto de uma ou mais tabelas de dados. A tabela de dados do núcleo contém 37 registros. Também existem 1 tabelas de dados de extensão. Um registro de extensão fornece informações adicionais sobre um registro do núcleo. O número de registros em cada tabela de dados de extensão é ilustrado abaixo.

  • Taxon (core)
    37
  • Occurrence 
    190

Este IPT armazena os dados e, portanto, serve como um repositório de dados. Os dados e os metadados do recurso estão disponíveis para download no seção de downloads. A tabela de versões lista outras versões do recurso que foram disponibilizadas ao público e permite o rastreamento das alterações realizadas no recurso ao longo do tempo.

Downloads

Baixe a última versão do recurso de dados, como um Darwin Core Archive (DwC-A) ou recurso de metadados, como EML ou RTF:

Dados como um arquivo DwC-A download 37 registros em English (12 KB) - Frequência de atualização: desconhecido
Metadados como um arquivo EML download em English (24 KB)
Metadados como um arquivo RTF download em English (11 KB)

Versões

A tabela abaixo mostra apenas versões de recursos que são publicamente acessíveis.

Como citar

Pesquisadores deveriam citar esta obra da seguinte maneira:

Souto M, Gonçalves V, Raposeiro P (2020): Checklist of testate amoebae in São Miguel island (Azores archipelago). v1.0. Universidade dos Açores. Dataset/Checklist. http://ipt.gbif.pt/ipt/resource?r=tecamebas&v=1.0

Direitos

Pesquisadores devem respeitar a seguinte declaração de direitos:

O editor e o detentor dos direitos deste trabalho é Universidade dos Açores. This work is licensed under a Creative Commons Attribution (CC-BY) 4.0 License.

GBIF Registration

Este recurso não foi registrado pelo GBIF

Palavras-chave

Testate amoebae; Azores; oceanic islands; new records

Contatos

Quem criou esse recurso:

Martin Souto
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Vitor Gonçalves
Professor
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Pedro Raposeiro
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT

Quem pode responder a perguntas sobre o recurso:

Martin Souto
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Vitor Gonçalves
Professor
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 950-321 Ponta Delgada São Miguel PT
Pedro Raposeiro
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada São Miguel PT

Quem preencher os metadados:

Martin Souto
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT +351296650482
Vitor Gonçalves
Professor
Faculty of Sciences and Technology, University of the Azores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Pedro Raposeiro
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Migue PT

Quem mais foi associado com o recurso:

Autor
Martin Souto
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Autor
Vitor Gonçalves
Professor
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT
Autor
Pedro Raposeiro
Investigator
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recurso Genéticos – Polo dos Açores, InBio, Laboratório Associado / Universidade dos Açores Campus de Ponta Delgada Rua da Mãe de Deus, s/n Complexo Científico 9500-321 Ponta Delgada Ponta Delgada São Miguel PT

Cobertura Geográfica

São Miguel Island (Azores Archipelago) is an oceanic island located in the middle of the North Atlantic about 1500 km off Portugal mainland.

Coordenadas delimitadoras Sul Oeste [37.704, -25.857], Norte Leste [37.917, -25.125]

Cobertura Taxonômica

Testate amoebae

Espécie  Sphenoderia fissirostris,  Assulina muscorum,  Trinema enchelys,  Trinema lineare,  Trinema complanatum,  Corythion dubium,  Corythion pulchellum,  Playfairina valkanovi,  Euglypha cristata,  Euglypha laevis,  Euglypha acanthophora,  Euglypha filifera,  Euglypha strigosa,  Euglypha rotunda,  Cyphoderia ampulla,  Tracheleuglypha dentata,  Nebela collaris,  Padaungiella tubulata,  Padaungiella lageniformis,  Quadrulella symmetrica ,  Planocarina carinata,  Argynnia caudata,  Argynnia dentistoma,  Physochila griseola,  Heleopera rosea,  Heleopera sphagni,  Centropyxis elongata,  Centropyxis aerophila,  Centropyxis constricta ,  Centropyxis discoides ,  Cryptodifflugia sacculus,  Trigonopyxis arcula,  Difflugia bacillifera,  Difflugia elegans,  Arcella arenaria,  Arcella catinus,  Cyclopyxis eurystoma,  Phryganella acropodia

Cobertura Temporal

Data Inicial / Data final 2019-08-11 / 2020-01-10

Dados Sobre o Projeto

Nenhuma descrição disponível

Título Checklist of testate amoebae in São Miguel island (Azores archipelago)
Financiamento This work was funded by FCT– Foundation for Science and Technology (DL57/2016/ICETA/EEC2018/25).
Descrição da Área de Estudo São Miguel Island (Azores Archipelago) is an oceanic island located in the middle of the North Atlantic about 1500 km off Portugal mainland.

O pessoal envolvido no projeto:

Métodos de Amostragem

Testate amoebae were collected by washing 10 X 10 cm of a wet mass of plant material. The soil was dominated by silt sized particules derived from pyroclastics, because of this, they tried to collect only the vegetable part, the top layer of mosses.

Área de Estudo . The samples were taken at the beginning of the growing season in spring 2020 (february - march) and summer 2020 (may - june). In each location several types of vegetation were chosen for their homogeneity and abundance (forest, lowland shrub, shrubland, wetlands, peatland, riparian communities, etc) and within these communities the most abundant bryophytes were sampled. Testate amoebae communities were examined in 60 sites (each site, we chose 3 homogeneous subplot (10 X 10 cm) in total 180 sampling points.

Descrição dos passos do método:

  1. To isolate the testate amoebae shells, the mosses were fragmented, washed and stirred in one l of distilled water and then sieved through a 300 μm mesh size to separate large moss particles. The samples were condensed by the sedimentation method and the samples stored in vials with alcohol 50% at 4°C. A small sample from each site of study were stored as reference collection. A drop of each sample was mounted on a semi-permanent slide and all tecamebas were counted and identified at ×200 and ×400 magnification. Microphotographs were taken by a Leica DFC495 camera attached to a Leica DM2500 light microscope with the aid of image analysis software (Leica Application Suite version 3.8.0). The systematics of the taxa are given in accordance with Ogden & Hedley (1980). Accepted names and authorities for vascular plants and bryophytes were checked in http://www.theplantlist.org. (June 2020). The taxa are listed in alphabetical order and major taxonomic groups, together with their brief descriptions, habitats, localities, collection dates, and accession numbers.

Metadados Adicionais

Identificadores alternativos http://ipt.gbif.pt/ipt/resource?r=tecamebas